lucianodacunha.net

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Um "switch" rápido!

Outra estrutura de controle de fluxo é o switch, que pode desempenhar o mesmo papel de uma estrutura de ifs aninhados.

A estrutura é formada pelo switch que informa o valor procurado e uma sequência de cases que definem o comportamento para cada caso.

Assim que o valor definido no inicio do switch for encontrado, o fluxo entra no case correspondente executando tudo que vier na sequência até encontrar um break.

Caso não encontre nenhum valor correspondente, executará a instrução default, caso seja definida.

Comentários adicionais, seguem junto ao código.


class TestSwitchs{

 public static void main(String[] args){

  // tipos aceitos: char, byte, short e int.
  //char x = 42;
  byte x = 2;
  //short x = 3;
  //int x = 4;

  switch(x){
   case 1: System.out.println("x == " + x); break;
   // Geralmente a instrução default é definida como última opção,
   // mas isso não é obrigatório. Inclusive nem sua declaração é obrigatória
   // mas obviamente, caso nenhum valor seja correspondente, nada será
   // exibido.
   default: System.out.println("x == " + x); break; // Não obrigatório,
    // mas caso não utilizá-lo, todo o
    // código na sequência será executado até o próximo break.
   case 2: {System.out.println("x == " + x);} break;
   case 3: System.out.println("x == " + x); break;
   case 4: System.out.println("x == " + x); break;
  }

 }

}
É isso, []'s.

Marcadores: ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<$I18N$LinksToThisPost>:

Criar um link

<< Página inicial